-
loading
Só com imagem

Mosca champion


Lista mais vendidos mosca champion

Brasil (Todas as cidades)
Controle do carrapato e da mosca-do-chifre.      Difly S3 é um inibidor do desenvolvimento de insetos, indicado para a prevenção do desenvolvimento de infestação por mosca-do-chifre (Haematobia irritans), mosca doméstica (Musca domestica), mosca do estábulo (Stomoxys calcitrans)e por carrapato (Boophilus microplus).   Modo de uso:   Usando o Difly S3 com Sal Branco   Usando o Difly S3 com Sal Mineralizado   Usando o Difly S3 com Sal Proteinado   Usando o Difly S3 com Ração   Vídeo mostra como utilizar o Difly S3.      bula DIFLY CHAMPION FARMOQUÍMICO LTDA. Classes Aves, Bovino Registro 8642/03 Responsável Técnico Rosália Meireles de Souza - CRMV: GO 1483 Princípio(s) Ativo(s) DIFLUBENZURON Fórmula Cada 1.000g do produto contém: •1-(4-clorofenil)-3-(2,6-difluorobenzoil)uréia (DIFLUBENZURON)............... 250,00 g •Excipiente......................................q.s.p...................................................... 1.000,00 g Indicações Difly é um larvicida, inibidor do desenvolvimento de insetos, indicado para o controle e prevenção do desenvolvimento de infestação por mosca doméstica _ Musca domestica _ e mosca-do-chifre _ Haematobia irritans _. Controla as infestações por inibição do desenvolvimento das larvas no esterco e fezes dos animais tratados. Dosagem Bovinos: O produto deve ser misturado ao sal mineral na proporção de 0,5g por Kg de sal pronto para uso, e fornecido à vontade aos animais, para controle da mosca- do-chifre _ Haematobia irritans _. Com o consumo do sal tratado com Difly, as fezes já medicadas impedem o desenvolvimento das larvas das moscas, quebrando o ciclo reprodutivo, pois estas depositam seus ovos nas fezes frescas dos animais. Aves: Fornecer a ração tratada na dose de 20g de Difly por tonelada de ração, à todas as aves da granja, para controle da mosca doméstica _ Musca domestica _. Imediatamente antes do início do tratamento, retirar o esterco existente e fazer aplicação de produtos adulticidas na instalação. Utilizar a ração tratada durante 3 semanas consecutivas e descansar por uma semana, durante o mês. Tomar cuidado para que não haja acúmulo de água no esterco, o que poderá comprometer a eficiência do produto. Verificar vazamentos em canos e bebedouros. Administração Indicado para uso oral. Utilizar o produto adicionado à ração de aves ou suplementos de bovinos. Precauções Antes de usar leia com atenção as instruções do rótulo; Em caso de contato acidental com os olhos, lavá-los com água em abundância e procurar um oftalmologista, levando consigo a embalagem ou o rótulo do produto; Não fumar, não comer e não beber durante a manipulação; Em caso de ingestão acidental, procurar imediatamente um médico levando consigo a embalagem ou o rótulo do produto; Conservar o produto longe do alcance de crianças e animais domésticos; Não reaproveitar a embalagem vazia para outro fim. Inutilizá-la; Manter o produto na embalagem original; Para descarte da embalagem despejar o restante do produto no solo, lavar a embalagem com água e descartá-la com cuidado; Pessoas com sensibilidade ao produto devem evitar o contato; Em caso de contato com a pele: remover a roupa contaminada e lavar as partes atingidas com água e sabão, procurar auxílio médico; O produto polui as águas, evitar seu acesso a bueiros, esgotos ou quaisquer cursos de água; Manusear o produto em local bem ventilado; Recomenda-se o uso de máscara contra pó, luvas e óculos; Não há antídoto específico. Tratamento sintomático. Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do Médico Veterinário. Conservar em local seco, à temperatura máxima de 30ºC, fora da luz solar direta e do alcance de crianças e animais domésticos.    
R$ 162
Ver produto
Brasil (Todas as cidades)
  bula   DIFLY CHAMPION FARMOQUÍMICO LTDA. Classes Aves, Bovino Registro 8642/03 Responsável Técnico Rosália Meireles de Souza - CRMV: GO 1483 Princípio(s) Ativo(s) DIFLUBENZURON Fórmula Cada 1.000g do produto contém: •1-(4-clorofenil)-3-(2,6-difluorobenzoil)uréia (DIFLUBENZURON)............... 250,00 g •Excipiente......................................q.s.p...................................................... 1.000,00 g Indicações Difly é um larvicida, inibidor do desenvolvimento de insetos, indicado para o controle e prevenção do desenvolvimento de infestação por mosca doméstica _ Musca domestica _ e mosca-do-chifre _ Haematobia irritans _. Controla as infestações por inibição do desenvolvimento das larvas no esterco e fezes dos animais tratados. Dosagem Bovinos: O produto deve ser misturado ao sal mineral na proporção de 0,5g por Kg de sal pronto para uso, e fornecido à vontade aos animais, para controle da mosca- do-chifre _ Haematobia irritans _. Com o consumo do sal tratado com Difly, as fezes já medicadas impedem o desenvolvimento das larvas das moscas, quebrando o ciclo reprodutivo, pois estas depositam seus ovos nas fezes frescas dos animais. Aves: Fornecer a ração tratada na dose de 20g de Difly por tonelada de ração, à todas as aves da granja, para controle da mosca doméstica _ Musca domestica _. Imediatamente antes do início do tratamento, retirar o esterco existente e fazer aplicação de produtos adulticidas na instalação. Utilizar a ração tratada durante 3 semanas consecutivas e descansar por uma semana, durante o mês. Tomar cuidado para que não haja acúmulo de água no esterco, o que poderá comprometer a eficiência do produto. Verificar vazamentos em canos e bebedouros. Administração Indicado para uso oral. Utilizar o produto adicionado à ração de aves ou suplementos de bovinos. Precauções Antes de usar leia com atenção as instruções do rótulo; Em caso de contato acidental com os olhos, lavá-los com água em abundância e procurar um oftalmologista, levando consigo a embalagem ou o rótulo do produto; Não fumar, não comer e não beber durante a manipulação; Em caso de ingestão acidental, procurar imediatamente um médico levando consigo a embalagem ou o rótulo do produto; Conservar o produto longe do alcance de crianças e animais domésticos; Não reaproveitar a embalagem vazia para outro fim. Inutilizá-la; Manter o produto na embalagem original; Para descarte da embalagem despejar o restante do produto no solo, lavar a embalagem com água e descartá-la com cuidado; Pessoas com sensibilidade ao produto devem evitar o contato; Em caso de contato com a pele: remover a roupa contaminada e lavar as partes atingidas com água e sabão, procurar auxílio médico; O produto polui as águas, evitar seu acesso a bueiros, esgotos ou quaisquer cursos de água; Manusear o produto em local bem ventilado; Recomenda-se o uso de máscara contra pó, luvas e óculos; Não há antídoto específico. Tratamento sintomático. Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do Médico Veterinário. Conservar em local seco, à temperatura máxima de 30ºC, fora da luz solar direta e do alcance de crianças e animais domésticos.      
R$ 60
Ver produto
Brasil (Todas as cidades)
Controle dos ectoparasitas externos dos bovinos.Controla carrapato, mosca do estábulo, mosca-do-chifre, mosca doméstica, berne e piolho de bovinos. bula Fórmula:  Cada 100 mL contém:  DDVP (Diclorvós).............................. 60,0 g  Clorpirifós......................................... 20,0 g  Veículo qsp..................................... 100,0 mL   Indicação: Indicado para controlar ectoparasitas dos bovinos, tais como: carrapatos (Boophilus microplus); mosca do estábulo (Stomoxys calcitrans); mosca-do-chifre (Haematobia irritans); mosca doméstica (Musca domestica). Via e Forma de aplicação: Via tópica, através de aspersão ou pulverização.  O produto deve ser diluído em água na proporção de 10 mL de Ectobat para cada 4 litros de água. Cada animal adulto deve receber de 3 a 5 litros de calda. Precauções:  -O manipulador deve usar avental de mangas compridas, luvas, botas e máscara facial;  -Uso exclusivo por via externa em bovinos;  -Não aplicar o produto em animais doentes, convalescentes, sedentos ou estressados;  -Não aplicar o produto em vacas no último mês de gestação;  -Aplicar o produto após a ordenha;  -Deve-se evitar aplicar o produto nas horas de sol e calor intensos;  -Não aplicar o produto quando houver ventos;  -Não jogar restos do produto em correntes de água e mananciais;  -No caso de contato acidental com os olhos, lavar por 15 minutos com água corrente em abundância;  -No caso de ingestão, chamar imediatamente um médico, tendo a embalagem do produto;  -Não tratar bezerros com menos de 3 meses de idade;  -O produto pode ser fatal se ingerido;  -Inutilize ou enterre profundamente as embalagens;  -O produto é tóxico para abelhas, peixes e pássaros.  Contra-indicações -O produto não deve ser administrado dentro de poucos dias após o tratamento ou exposição, à outros compostos inibidores da colinesterase, nem deve ser dado em conjunto com outros anti-helmínticos, tranqüilizantes, relaxantes musculares ou vacinas com vírus vivo modificado.  Carência -Não banhar os animais até 15 dias antes do abate.  -O leite dos animais tratados somente poderá ser utilizado para consumo humano, 48 horas após a última aplicação do produto. 
Ver produto
Brasil (Todas as cidades)
1 DIFLY S3 1kg CONTROLE CARRAPATOS, MOSCAS DIFLY S3 Controle do carrapato e da mosca-dos-chifres. Indicações: Difly S3 é um inibidor do desenvolvimento de insetos, indicado para a prevenção do desenvolvimento de infestação por mosca-dos-chifres (Haematobia irritans), mosca doméstica (Musca domestica), mosca-dos-estábulos (Stomoxys calcitrans)e por carrapato (Boophilus microplus). Quando fornecidos na ração ou suplemento mineral dos animais, o Diflubenzuron, passa através do trato digestivo e alcança as fezes em concentrações suficientes para matar as larvas. Quantidades mínimas são absorvidas e não aparecem na carne ou no leite dos animais tratados, acima dos limites máximos estabelecidos. Controla as infestações por inibição do desenvolvimento das larvas no esterco e fezes dos animais tratados. E controla a infestação do carrapato através do sangue sugado, que contém quantidades mínimas que foram absorvidas. Apesar de letal para as larvas das moscas, o Diflubenzuron não interfere no desenvolvimento dos insetos benéficos que se desenvolvem no esterco. Via de Administração: - Indicado para uso oral; - Utilizar o produto adicionado ao sal mineral, ração ou proteinado, conforme fórmula de ajuste: Dosagem e modo de usar: Bovinos: O produto deve ser misturado ao sal mineral em uma proporção que o animal consuma em torno de 30mg de Diflubenzuron (princípio ativo) por dia. O produto deve ser fornecido à vontade aos animais para o controle da mosca-dos-chifres (Haematobia irritans), pois ela deposita seus ovos nas fezes frescas de bovinos, e também a mosca-do-estábulos (Stomoxys calcitrans) e para o controle do carrapato (Boophilus microplus). Com o consumo do sal tratado com Difly S3 as fezes já medicadas impedem o desenvolvimento das larvas das moscas, quebrando o ciclo reprodutivo. Para o Difly S3 3% temos que para consumo de 80 a 100 g de sal mineralizado dia, deve-se adicionar 10 g/kg, sendo 250 g para um saco de sal de 25 Kg. Para um sal mineralizado de consumo 60 a 80 g/dia, deve-se adicionar 17 g de Difly S3 por Kg ou 425 g para um saco de 25 Kg. Aves: Fornecer a ração tratada na dose de 333g de Difly S3 por tonelada de ração, à todas as aves da granja, para o controle da mosca doméstica (Musca domestica). Imediatamente antes do início do tratamento retirar o esterco existente e fazer aplicação de produtos adulticidas nas instalações. Utilizar a ração tratada por 3 semanas consecutivas e descansar por uma semana, durante o mês. Tomar cuidado para que não haja acúmulo de água no esterco, o que poderá comprometer a eficiência do produto. Verificar vazamentos em canos e bebedouros. Informações sobre o produto: O Diflubenzuron, princípio ativo do Difly S3, é um poderoso regulador do crescimento de insetos, inibindo a formação de cutícula, dos mesmos, na eclosão. Atua interferindo na deposição de quitina, um dos componentes da cutícula dos insetos. Após a ingestão do Diflubenzuron (Difly S3) as larvas têm dificuldades na ecdise. A cutícula mal formada do novo instar não suporta a pressão interna durante a ecdise e não consegue dar suficiente suporte aos músculos envolvidos, isso resulta numa incapacidade de liberar exúvia e finalmente conduz a larva à morte. O produto não afeta as moscas existentes. Periodicamente, pulverizações nas instalações e nos animais com produtos adulticidas se fazem necessárias, principalmente no início do tratamento para diminuir a população de moscas adultas presentes na propriedade. Faz-se necessária também, prática de controle sanitário nas propriedades, evitando-se acúmulo de esterco, silagens e ração nas instalações sem as devidas proteções. Em alguns casos, faz-se necessário medidas de controle de moscas domésticas (Musca domestica) e mosca-dos-estábulos (Stomoxys calcitrans) em bezerreiros, currais, e baias, pois estas moscas se desenvolvem em material vegetal em decomposição, silagem, e não somente no esterco bovino como a mosca dos-chifres (Haematobia irritans). No Brasil, o clima é propício para o desenvolvimento de moscas e carrapatos durante todo o ano. Sendo assim, o ideal é que se forneça durante todo o ano o produto adicionado ao suplemento mineral ou à ração. Não há período de carência para o produto, podendo ser administrado para animais destinados ao abate e para vacas em produção leiteira. Difly S3 deve ser misturado uniformemente na ração ou suplemento mineral. É recomendado fazer uma pré-mistura, para garantir uma uniforme dispersão no produto final. A pré-mistura consiste em diluir a quantidade total de Difly S3 a ser utilizada em uma pequena porção de ração ou suplemento, fazer uma agitação moderada e só depois adicionar ao total de ração ou suplemento à ser tratado. Os problemas que normalmente ocorrem, são causados por estratificação por excesso de manuseio, que deve ser evitado. Fórmula: Cada 1.000g do produto contém: 1-(4-clorofenil)-3-(2,6-difluorobenzoil) ureia (DIFLUBENZURON) 30,00 g Excipiente q.s.p 1.000,00 g Licenciado no Ministério da Agricultura sob nº 9.137 em 30/08/05. Responsável Técnico: Rosália Meireles de Souza CRMV – GO nº 1483 Apresentação: Embalagem plástica 1 kg
Ver produto
Brasil (Todas as cidades)
3 unidades de DIFLY S3 1kg CONTROLE CARRAPATOS, MOSCAS DIFLY S3 Controle do carrapato e da mosca-dos-chifres. Indicações: Difly S3 é um inibidor do desenvolvimento de insetos, indicado para a prevenção do desenvolvimento de infestação por mosca-dos-chifres (Haematobia irritans), mosca doméstica (Musca domestica), mosca-dos-estábulos (Stomoxys calcitrans)e por carrapato (Boophilus microplus). Quando fornecidos na ração ou suplemento mineral dos animais, o Diflubenzuron, passa através do trato digestivo e alcança as fezes em concentrações suficientes para matar as larvas. Quantidades mínimas são absorvidas e não aparecem na carne ou no leite dos animais tratados, acima dos limites máximos estabelecidos. Controla as infestações por inibição do desenvolvimento das larvas no esterco e fezes dos animais tratados. E controla a infestação do carrapato através do sangue sugado, que contém quantidades mínimas que foram absorvidas. Apesar de letal para as larvas das moscas, o Diflubenzuron não interfere no desenvolvimento dos insetos benéficos que se desenvolvem no esterco. Via de Administração: - Indicado para uso oral; - Utilizar o produto adicionado ao sal mineral, ração ou proteinado, conforme fórmula de ajuste: Dosagem e modo de usar: Bovinos: O produto deve ser misturado ao sal mineral em uma proporção que o animal consuma em torno de 30mg de Diflubenzuron (princípio ativo) por dia. O produto deve ser fornecido à vontade aos animais para o controle da mosca-dos-chifres (Haematobia irritans), pois ela deposita seus ovos nas fezes frescas de bovinos, e também a mosca-do-estábulos (Stomoxys calcitrans) e para o controle do carrapato (Boophilus microplus). Com o consumo do sal tratado com Difly S3 as fezes já medicadas impedem o desenvolvimento das larvas das moscas, quebrando o ciclo reprodutivo. Para o Difly S3 3% temos que para consumo de 80 a 100 g de sal mineralizado dia, deve-se adicionar 10 g/kg, sendo 250 g para um saco de sal de 25 Kg. Para um sal mineralizado de consumo 60 a 80 g/dia, deve-se adicionar 17 g de Difly S3 por Kg ou 425 g para um saco de 25 Kg. Aves: Fornecer a ração tratada na dose de 333g de Difly S3 por tonelada de ração, à todas as aves da granja, para o controle da mosca doméstica (Musca domestica). Imediatamente antes do início do tratamento retirar o esterco existente e fazer aplicação de produtos adulticidas nas instalações. Utilizar a ração tratada por 3 semanas consecutivas e descansar por uma semana, durante o mês. Tomar cuidado para que não haja acúmulo de água no esterco, o que poderá comprometer a eficiência do produto. Verificar vazamentos em canos e bebedouros. Informações sobre o produto: O Diflubenzuron, princípio ativo do Difly S3, é um poderoso regulador do crescimento de insetos, inibindo a formação de cutícula, dos mesmos, na eclosão. Atua interferindo na deposição de quitina, um dos componentes da cutícula dos insetos. Após a ingestão do Diflubenzuron (Difly S3) as larvas têm dificuldades na ecdise. A cutícula mal formada do novo instar não suporta a pressão interna durante a ecdise e não consegue dar suficiente suporte aos músculos envolvidos, isso resulta numa incapacidade de liberar exúvia e finalmente conduz a larva à morte. O produto não afeta as moscas existentes. Periodicamente, pulverizações nas instalações e nos animais com produtos adulticidas se fazem necessárias, principalmente no início do tratamento para diminuir a população de moscas adultas presentes na propriedade. Faz-se necessária também, prática de controle sanitário nas propriedades, evitando-se acúmulo de esterco, silagens e ração nas instalações sem as devidas proteções. Em alguns casos, faz-se necessário medidas de controle de moscas domésticas (Musca domestica) e mosca-dos-estábulos (Stomoxys calcitrans) em bezerreiros, currais, e baias, pois estas moscas se desenvolvem em material vegetal em decomposição, silagem, e não somente no esterco bovino como a mosca dos-chifres (Haematobia irritans). No Brasil, o clima é propício para o desenvolvimento de moscas e carrapatos durante todo o ano. Sendo assim, o ideal é que se forneça durante todo o ano o produto adicionado ao suplemento mineral ou à ração. Não há período de carência para o produto, podendo ser administrado para animais destinados ao abate e para vacas em produção leiteira. Difly S3 deve ser misturado uniformemente na ração ou suplemento mineral. É recomendado fazer uma pré-mistura, para garantir uma uniforme dispersão no produto final. A pré-mistura consiste em diluir a quantidade total de Difly S3 a ser utilizada em uma pequena porção de ração ou suplemento, fazer uma agitação moderada e só depois adicionar ao total de ração ou suplemento à ser tratado. Os problemas que normalmente ocorrem, são causados por estratificação por excesso de manuseio, que deve ser evitado. Fórmula: Cada 1.000g do produto contém: 1-(4-clorofenil)-3-(2,6-difluorobenzoil) ureia (DIFLUBENZURON) 30,00 g Excipiente q.s.p 1.000,00 g Licenciado no Ministério da Agricultura sob nº 9.137 em 30/08/05. Responsável Técnico: Rosália Meireles de Souza CRMV – GO nº 1483 Apresentação: Embalagem plástica com 1 kg
Ver produto
Brasil (Todas as cidades)
3 DIFLY S3 DE 300G. CONTROLE CARRAPATOS, MOSCAS DIFLY S3 Controle do carrapato e da mosca-dos-chifres. Indicações: Difly S3 é um inibidor do desenvolvimento de insetos, indicado para a prevenção do desenvolvimento de infestação por mosca-dos-chifres (Haematobia irritans), mosca doméstica (Musca domestica), mosca-dos-estábulos (Stomoxys calcitrans)e por carrapato (Boophilus microplus). Quando fornecidos na ração ou suplemento mineral dos animais, o Diflubenzuron, passa através do trato digestivo e alcança as fezes em concentrações suficientes para matar as larvas. Quantidades mínimas são absorvidas e não aparecem na carne ou no leite dos animais tratados, acima dos limites máximos estabelecidos. Controla as infestações por inibição do desenvolvimento das larvas no esterco e fezes dos animais tratados. E controla a infestação do carrapato através do sangue sugado, que contém quantidades mínimas que foram absorvidas. Apesar de letal para as larvas das moscas, o Diflubenzuron não interfere no desenvolvimento dos insetos benéficos que se desenvolvem no esterco. Via de Administração: - Indicado para uso oral; - Utilizar o produto adicionado ao sal mineral, ração ou proteinado, conforme fórmula de ajuste: Dosagem e modo de usar: Bovinos: O produto deve ser misturado ao sal mineral em uma proporção que o animal consuma em torno de 30mg de Diflubenzuron (princípio ativo) por dia. O produto deve ser fornecido à vontade aos animais para o controle da mosca-dos-chifres (Haematobia irritans), pois ela deposita seus ovos nas fezes frescas de bovinos, e também a mosca-do-estábulos (Stomoxys calcitrans) e para o controle do carrapato (Boophilus microplus). Com o consumo do sal tratado com Difly S3 as fezes já medicadas impedem o desenvolvimento das larvas das moscas, quebrando o ciclo reprodutivo. Para o Difly S3 3% temos que para consumo de 80 a 100 g de sal mineralizado dia, deve-se adicionar 10 g/kg, sendo 250 g para um saco de sal de 25 Kg. Para um sal mineralizado de consumo 60 a 80 g/dia, deve-se adicionar 17 g de Difly S3 por Kg ou 425 g para um saco de 25 Kg. Aves: Fornecer a ração tratada na dose de 333g de Difly S3 por tonelada de ração, à todas as aves da granja, para o controle da mosca doméstica (Musca domestica). Imediatamente antes do início do tratamento retirar o esterco existente e fazer aplicação de produtos adulticidas nas instalações. Utilizar a ração tratada por 3 semanas consecutivas e descansar por uma semana, durante o mês. Tomar cuidado para que não haja acúmulo de água no esterco, o que poderá comprometer a eficiência do produto. Verificar vazamentos em canos e bebedouros. Informações sobre o produto: O Diflubenzuron, princípio ativo do Difly S3, é um poderoso regulador do crescimento de insetos, inibindo a formação de cutícula, dos mesmos, na eclosão. Atua interferindo na deposição de quitina, um dos componentes da cutícula dos insetos. Após a ingestão do Diflubenzuron (Difly S3) as larvas têm dificuldades na ecdise. A cutícula mal formada do novo instar não suporta a pressão interna durante a ecdise e não consegue dar suficiente suporte aos músculos envolvidos, isso resulta numa incapacidade de liberar exúvia e finalmente conduz a larva à morte. O produto não afeta as moscas existentes. Periodicamente, pulverizações nas instalações e nos animais com produtos adulticidas se fazem necessárias, principalmente no início do tratamento para diminuir a população de moscas adultas presentes na propriedade. Faz-se necessária também, prática de controle sanitário nas propriedades, evitando-se acúmulo de esterco, silagens e ração nas instalações sem as devidas proteções. Em alguns casos, faz-se necessário medidas de controle de moscas domésticas (Musca domestica) e mosca-dos-estábulos (Stomoxys calcitrans) em bezerreiros, currais, e baias, pois estas moscas se desenvolvem em material vegetal em decomposição, silagem, e não somente no esterco bovino como a mosca dos-chifres (Haematobia irritans). No Brasil, o clima é propício para o desenvolvimento de moscas e carrapatos durante todo o ano. Sendo assim, o ideal é que se forneça durante todo o ano o produto adicionado ao suplemento mineral ou à ração. Não há período de carência para o produto, podendo ser administrado para animais destinados ao abate e para vacas em produção leiteira. Difly S3 deve ser misturado uniformemente na ração ou suplemento mineral. É recomendado fazer uma pré-mistura, para garantir uma uniforme dispersão no produto final. A pré-mistura consiste em diluir a quantidade total de Difly S3 a ser utilizada em uma pequena porção de ração ou suplemento, fazer uma agitação moderada e só depois adicionar ao total de ração ou suplemento à ser tratado. Os problemas que normalmente ocorrem, são causados por estratificação por excesso de manuseio, que deve ser evitado. Fórmula: Cada 1.000g do produto contém: 1-(4-clorofenil)-3-(2,6-difluorobenzoil) ureia (DIFLUBENZURON) 30,00 g Excipiente q.s.p 1.000,00 g Licenciado no Ministério da Agricultura sob nº 9.137 em 30/08/05. Responsável Técnico: Rosália Meireles de Souza CRMV – GO nº 1483 Apresentação: Embalagem plástica com 300 g, 1 kg e 6 kg.
Ver produto
Brasil (Todas as cidades)
Indicações: Difly é um larvicida, inibidor do desenvolvimento de insetos, indicado para o controle e prevenção do desenvolvimento de infestação por mosca doméstica  (Musca domestica)  e mosca-dos-chifres  (Haematobia irritans).  Controla as infestações por inibição do desenvolvimento das larvas no esterco e fezes dos animais tratados. Via de administração: Indicação para uso oral. Utilizar o produto adicionado à ração ou suplementos de bovinos. Posologia e modo de usar: O produto deve ser misturado ao sal mineral na proporção de 0,5 g por kg de sal pronto para uso, e fornecido aos animais, para controle da mosca-dos-chifres  (Haematobia irritans)  e mosca doméstica  (Musca domestica). Essa proporção é quando o consumo do sal mineralizado fica em torno de 120g/cabeça/dia. Cada bovino deverá consumir cerca 60 mg de Difly por dia. Manejo Integrado de Pragas: No caso de infestações intensas, recomenda-se a aplicação de um inseticida adulticida, no início do tratamento com Difly, para eliminar parte das moscas adultas. Essa prática é conhecida como manejo integrado de pragas. Precauções gerais: - Antes de usar leia com atenção as instruções do rótulo; - Em caso de contato acidental com os olhos, lavá-los com água em abundância e procurar um oftalmologista, levando consigo a embalagem ou o rótulo do produto; - Não fumar, não comer e não beber durante a manipulação; - Em caso de ingestão acidental, procurar imediatamente um médico levando consigo a embalagem ou o rótulo do produto; - Conservar o produto longe do alcance de crianças; - Não reaproveitar a embalagem vazia para outro fim. Inutilizá-la; - Manter o produto na embalagem original; - Não há antídoto específico. Tratamento sintomático. Fórmula:   Cada 1.000g do produto contém: 1-(4-clorofenil)-3-(2,6-difluorobenzoil) ureia (DIFLUBENZURON)...............250,00g Excipiente q.s.p..........................................................................................1.000,00g Licenciado no Ministério da Agricultura sob nº 8.642 em 14/07/03. Responsável Técnico: Rosália Meireles de Souza CRMV – GO nº 1483 Apresentação: Embalagem plástica com 100g, 300g e 6 kg.  
Ver produto
Brasil (Todas as cidades)
DIFLY S3 300G CHAMPION CÓDIGO 115340 EMBALAGEM PO/1 FORNECEDOR CHAMPION SAUDE ANIMAL REF. FABRICANTE Especificações Inibidor do desenvolvimento de insetos, controla carrapato e mosca-dos-chifres, sem manejo e sem resistência, não contamina a carne e o leite, atóxico. Principio ativo: diflubenzuron, ele é um regulador do crescimento de insetos, composição: pó.
Ver produto
Brasil (Todas as cidades)
Difly S3 é indicado no combate e controle do carrapato do Bovino (Rhipicephalus (Boophilus) micropulus) e da mosca do chifre (Haematobia irritans), e auxílio no controle da mosca doméstica (Musca domestica) e da mosca dos estábulos (Stomoxys Calcitrans). Princípio Ativo: Diflubenzuron Uso Oral Frequência de Utilização: Uso Contínuo Modo de Usar: Utilizar o produto adicionado ao sal mineral, ração ou proteinado. O produto deve ser misturado ao sal mineral em uma proporção que o animal consuma em torno de 30mg de Diflubenzuron (princípio ativo) por dia. O produto deve ser fornecido à vontade aos animais para o controle da mosca-do-chifre (Haematobia irritans), pois ela deposita seus ovos nas fezes frescas de bovinos, e também a mosca do estábulo (Stomoxys calcitrans) e para o controle do carrapato (Boophilus microplus). Com o consumo do sal tratado com Difly S3 as fezes já medicadas impedem o desenvolvimento das larvas das moscas, quebrando o ciclo reprodutivo. Para o Difly S3 3% temos que para consumo de 80 a 100 g de sal mineralizado dia, deve-se adicionar 10 g/kg, sendo 250 g para um saco de sal de 25 Kg. Para um sal mineralizado de consumo 60 a 80 g/dia, deve-se adicionar 17 g de Difly S3 por Kg ou 425 g para um saco de 25 Kg. Difly S3 deve ser misturado uniformemente na ração ou suplemento mineral. É recomendado fazer uma pré-mistura, para garantir uma uniforme dispersão no produto final. A pré-mistura consiste em diluir a quantidade total de Difly S3 a ser utilizada em uma pequena porção de ração ou suplemento, fazer uma agitação moderada e só depois adicionar ao total de ração ou suplemento à ser tratado. Os problemas que normalmente ocorrem, são causados por estratificação por excesso de manuseio, que deve ser evitado. Fabricante: Champion
Ver produto

Anúncios Classificados Grátis no Brasil | CLASF - copyright ©2022 www.clasf.com.br.